Num olhar mais profundo do que foi e são as Misericórdias, deparamo-nos com factos pouco usuais paraos dias de hoje.

Talvez a era tecnoIógica nos faça esquecer o dia de ontem, pois a quantidade de informação que nos entra em casa e através do smartphone é-nos dada ao minuto. A notícia do momento sobrepõe à anterior a uma velocidade estonteante, nunca antes imaginada.

Mas as Misericórdias têm uma longa história, talvez a mais velha das Instituições Portuguesas. A nossa fundação remonta ao ano de 1504, ou seja foi fundada à 513 anos, sempre com o mesmo objectivo. Servir os mais necessitados, através das Obras de Misericórdia quer Corporais quer Espirituais.

Este período tão longo, sem interregno, desenvolvido por trabalhadores e voluntários, dá-nos muito que pensar. Como foi possível? A nossa génese, o nosso ADN, nos momentos difíceis, foi sempre de solidariedade e assim será no futuro.


Alberto Margarido


Provedor da Santa Casa da Misericórdia de Abrantes